06/05/2010

~~Início

O mais difícil no entanto não é tomar a decisão final, mais sim seguir de acordo com ela.
Os primeiros passos também na direção da rua parecem esmagadores. A menina sentiu um aperto no peito; aperto esse que aumentava a cada passo, e engolindo a seco ela permanecia lutando contra a terrível e covarde vontade de desistir e de voltar atrás.
Embora já fizesse meses do acontecido ela ainda sentia seu estômago embrulhar só de pensar na possíbilidade de que apesar de ter perdito tanto ainda lhe restava vida e essa vida não podia simplesmente passar por ela. O cheiro da pólvora ainda a perseguia e o barulho ensurdecedor e abafado zunia nos seus ouvidos todas as noites. Mas ela estava ali, tinha como por obrigação seguir em frente, e era essa sensação de "obrigação" que a deixava tão constrangida.

| comente (:

- Gean Carlos disse...

o mais difícil é continuar no caminho que escolhemos. Voltar, todo mundo que começa algo pensa nisso, mas não fazemos por saber que o medo é nossa inimigo, e o desejo é o que nos impulsiona a prosseguir.

tô impressionado a cada dia que venho nesse blog e leio teus textos.
você é muito fiel naquilo que sente.

 
Lady Owl ©Template por 187 tons de frio. Resources:falermpiard e magg.