24/08/2010

~~Mantendo somente o necessário

Sabe quando você para e pensa consigo mesmo "Esse sonho/verso/pensamento/palavra é meu/minha!" ?
Foi mais ou menos assim que tudo começou.
Meio que por acaso comecei a encontrar fragmentos de palavras, pensamentos, desejos (...) meus espalhados por lugares inusitados. Palavras minhas usadas de forma ofensiva. Desejos meus usados como que por mero prazer de desvalorizar quem sou.
Não me importo se me vêem como meio percursor de algo, o que me incomoda é ser meio de zombaria para algo.
Não vejo graça em piadinhas feitas entrelinhas ou em indiretas mal feitas do tipo: "Veja, estou aqui! Essa é pra você."
Não mesmo!
O que mais me incomoda como já disse é que tudo partiu de mim, e embora tenha começado como um sonho eu não poderia simplesmente acordar. Talvez se eu caísse da cama com o baque e o susto tudo passasse e (re)comessasse do zero. É bom zerar tudo, recomeçar, cometer novos erros (aqueles pequenos que não afetam a ninguém mais que a você mesmo) ou fazer novos planos do tipo: 'quem sabe vou tomar um sorvete amanhã a tarde se não fizer tanto frio... Quem sabe'. Mas o sonho (pesadelo?) permanece seguindo em frente e criando uma variação de formas.
Bom, aqui estou com a intenção de dá um basta! Não nasci com um nariz de forma arredondada na ponta e com uma cor vermelha acentuada. Conheço claramente os meus defeitos, sejam eles físicos ou não! Mas antes de falar dos meus defeitos seria legal os outros pegarem um espelho e olharem os próprios, seria legal cuidarem das próprias vidas e reverem os seus conceitos. Coisas pequenas mas que fazem uma diferença altamente notável. 
E NÃO, eu não quero mudar ninguém! Eu estou meio que 'humildemente' pedindo para que as pessoas (algumas pouquíssimas) que convivem comigo mudem (alguns detalhes que incomodam) mas porque querem mudar. (...)
Nesse momento gostaria de ter algo tipo uma 'tradução simultânea' para me ajudar a dizer o que estou sentindo. Bom, acho que o que se aplica melhor para o momento é: Estou revendo os meus conceitos e o que realmente é importante em minha vida. Tem muita coisa que tem defeito e mesmo assim eu gosto, então eu gostaria de concertar um pouco para manter perto de mim, mas se eu ver que não tem concerto nenhum eu prefiro 'jogar fora', antes que acabe me desgastando também.
Já comecei por me desfazer das primeiras peças. Essas estavam altamente estragadas... Não sinto falta! Na verdade me sinto bem mais livre e leve. Coisa que não me sentia a alguns anos pois me sentia meio que na obrigação de cumprir algum dever.
Pois bem, acabei me demorando e dizendo bem mais do que desejava. Já está bem tarde para fazer isso render alguma coisa. 
Só não vou mais bancar a amiga companheira de todas as horas de todo mundo, só não vou mais rir de piadinhas sem graça para não ficar um clima chato, só não vou mais para lugares que querem ir só para fazer o bem dos outros sem que faça o meu. Não se pode ser amigo sem se compreender, não se pode amar sem se amar antes, e antes de qualquer coisa e qualquer pessoa ou coisa que me cerca sempre vejo a mim. Embora não pareça (muitas vezes) eu me amo MUITO e tenho tentado zelar por mim (cada vez mais), ser fiel a mim antes de a mais alguém. Não estou sendo crítica ou tentando fazer piadinhas entre linhas pois como já disse isso não é algo que aprecio. Estou tentando fazer bom uso da palavra e não me rebaixar ao vim até aqui (não há necessidade).
Que esteja claro desde então. Não farei o que não desejo fazer! Não farei sala para quem não gosto, não serei simpática para agrado alheio, não vou fingir gostar de todo mundo porque não gosto!
Sou chata, perfeccionista e respondona. Digo o que quero, não só o que convém. E permanecerei sendo assim com todos mesmo que isso os incomode. (os incomodados, favor, afastem-se. Não nasci para ter uma legião de seguidores, não preciso de quantidade para provar que sou algo.)





Sou bem melhor quando estou sozinha. É bem mais natural me manter apenas comigo mesma. É tão mais feliz! Consigo sorrir do nada. E sabe, poucos me ajudaram a ser quem sou (esses eu vou manter sempre perto de mim) mas aqueles outros que me menosprezaram ou me diminuiram, não me são importantes, eu juro que não são! E cada vez que eu consigo provar isso para algum deles eu me sinto tão mais feliz!

"Ah pequena, isso se trata dos pesos que eu lhe falei! lembra? Livre-se dos pesos (livre-se de tudo aquilo que incomoda) só assim você vai respirar melhor"
Sábio Dr. Tic-Tac! ♥




Cheiro do dia:  Ferrugem!

2 Comentários:

Wellington Lúcio disse...

*O*

I am Belly ♥ disse...

adoro o teu doutor tic-tac aaah keilla e isso msm flor, faça o que faz bem a voce e nao aos outros :*

 
Lady Owl ©Template por 187 tons de frio. Resources:falermpiard e magg.