14/09/2010

~~1 entre 6.868.823.167.

Hoje está fazendo frio aqui. E tudo o que me perturbou foi a noite passada. O dia de hoje não (embora esse ainda não tenha se findado, já imagino seu decorrer.)
- Como todas as outras noites você esteve do meu lado, mas estranhamente, NESSA noite em particular, tudo o que eu mais queria era ter a capacidade de te absorver. Te manter em um lugar intocado, dentro de mim, te transportar, NOS transportar.
É meio surreal até! Como poderia existir tal parte tão intocada e mágica a ponto de nos refugiarmos lá?
Ou melhor, me refugiar; estaria indo de acordo com meu desejo apenas, pois você a tal altura da noite dormia e não mais pensava nos meus desejos loucos. Seria quase como um sequestro, mas eu não te maltrataria ou te forçaria a fazer coisas indesejáveis, embora, ainda assim estaria fazendo apenas por mim, é egoísta, eu sei, mas eu só queria poder te sentir mais perto de mim.
As vezes me sinto só, tipo, só no mundo, independente das estimativas da população mundial que diz haver cerca de 6.868.823.167 pessoas andando por aí. 
Não me impota nenhuma delas. 
Ou melhor, no momento me importa sim, mas apenas UMA. A que eu escolhi pra viver do meu lado, para que eu cuidasse e para que cuidasse de mim. A que eu como por mágica ainda penso como seria capaz de absorver por completo.
Mas voltando a falar da noite. Eu pensei por longo tempo em como não ter aqueles braços apenas em volta de mim, queria que eles me apertassem cada vez mais, a ponto de que os dois corpos fossem se fundindo e chegasse um ponto em que existisse apenas um. Claro que assim estaria desafiando todas as leis da física e da lógica, mas para mim naquele momento não era impossível, ou eu ao menos não acreditava que fosse.
Como sempre, deixei-me vencer pelo cansaço. Dormi. Acordei uma ou duas vezes antes do sol nascer, disse depois que acordei com frio, mas acredito que tenha acordado pra vê se o meu desejo surtira algum efeito, mas tudo o que vi foi dois corpos e uma cama. 
Pela manhã me senti frustrada. É ruim quando desejamos muito alguma coisa que não está ao nosso alcance. Mas durante o passar das horas eu percebi que não importa que sejamos uma só pessoa porque é sendo duas que nos completamos.
Me sinto melhor agora. Não quero me fundir a nada nem a ninguém, me sinto completa mesmo incompleta, é uma sensação estranha (que inclusive eu estou cheia delas) mas é real.
E quando penso assim eu esqueço de pensar nas coisas que eu desejei, de que me importa a noite passada se eu tenho todo o resto de uma vida?
Talvez essa noite eu me sinta novamente só, e sinta a (mesma estranha) necessidade de me tornar parte de alguém, parte da pessoa que eu escolhi pra mim, uma parte SUA. Mas eu sei que pela manhã vou achar tolice. Como ser parte, se já sou inteira?


*Acredite, se eu tivesse palavras para me expressar, me expressaria assim todos os dias. Não o faço porque não vejo necessidade de provar que amo. Não preciso dizer, basta sentir. Basta que eu, que nós tenhamos o mesmo sentimento e eu sei que ele existe, sei que é real e que ele jamais nos deixará. Não preciso me expressar só quando estamos completamente bem ou quando estamos mal enfrentando alguma 'turbulência', só não preciso que todos saibam como me sinto pois quando isso acontece me sinto mais vulnerável, de um jeito que só você é capaz de me deixar e já é bem constrangedor ficar assim na sua frente.


Com você eu imaginei um futuro que eu julgava impossível!






-É exatamente assim que eu quero a nossa casa! rs


Cheiro do dia: Terra molhada e torradas.

3 Comentários:

Amanda Medeiros disse...

Poxa, eu queria ter esse dom de escrever tão bem! :')

Duda disse...

Sua chata. Como disse eu queria saber expressar oq sinto mas sei e vc tbm sabe q não é preciso.
Eu amo você. Pra sempre e além.
Linda.

ps: tu vai querer uma árvore no meio da sala? Pode ser só no Natal não? rsrs

Amanda Z. disse...

Nossa flor, que lindo! (:
eu adoro seus textos, são incriveis, da vontade de ler sabe? adorei ^^

Beijos.
http://diariodelooks.blogspot.com/

 
Lady Owl ©Template por 187 tons de frio. Resources:falermpiard e magg.